Nota de repúdio

Como instituição dedicada há 52 anos à defesa da democracia e dos direitos humanos, o ISER repudia veementemente os ataques realizados ontem (08/1) no Congresso Nacional, no Palácio do Planalto e no Supremo Tribunal Federal (STF). 

Os atos em Brasília que afrontaram o Estado Democrático de Direito e depredaram o patrimônio público devem ser investigados e, seus autores, responsabilizados e punidos na forma da lei.

A normalidade democrática no Brasil é fruto de um dedicado trabalho de muitos atores sociais e não pode ser ameaçada por golpistas incapazes de aceitar as regras do jogo e a manutenção dos direitos constitucionais.

 

Clique na imagem para ampliar
Publicado em: 09/01/2023 - #Notas