Retrospectiva 2022: um trabalho coletivo pelo resgate da democracia

O ano que parecia nunca acabar, com tensões, preocupações, muito trabalho, mas nunca sem fé e coragem, chegou ao fim e com uma esperança diferente de quando ele começou. Porque o sonho sonhado junto, com esforços múltiplos, de um país melhor com sua democracia formalmente resgatada, aconteceu. E isso não é um acaso, mas resultado de gigantesco e dedicado trabalho de importantes parcelas e grupos ativistas da sociedade brasileira. Foi um longo e difícil percurso para chegarmos aqui. E as últimas Newsletters de 2022 (confira aqui: parte 1 e parte 2) mostram um pouco a participação do ISER neste trabalho articulado com outros muitos atores sociais de nosso país em prol da democracia, direitos, justiça, paz e mais.

Dentre tantas ações destacamos a incidência no debate público, em especial sobre religião e política, com atenção sobre atuação de grupos cristãos, como evangélicos. Há anos isso é feito por nós, para muito além do período eleitoral. Agora, com a força crescente de grupos religiosos no espaço institucional, o ISER ampliou sua presença pública, como se verifica nas diferentes mídias, promovendo mais conhecimento e diálogo nesse contexto de desafios. Articulação e encontros por direitos, foram ações que animaram e mobilizaram diferentes grupos de atuação social, como se pode verificar nesta publicação.

As lutas por direitos num sistema de justiça marcado por contradições foi outra área de destacada atuação do ISER neste ano, articulado com grupos diversos em ações coletivas por menos punitivismo e mais direitos. Tanto em nível local, nacional e internacional, como se pode conferir na retrospectiva abaixo.

Diferentes grupos de fé atuaram pelo clima visando justiça ambiental, com atividades por todo o Brasil, e mesmo na COP27, reunindo também lideranças indígenas, cientistas do clima e ativistas. Sempre com muita esperança e compromisso, porque os desafios que nos cercam são monumentais. A fé, pelo clima, move nossas ações e mobiliza mentes e corações por justiça climática.

O ano chega ao fim, as lutas seguem, mas nossa esperança, mais do que renovada, está robustecida. Certamente o novo ano será de muita luta, em tantas frentes, para garantir direitos, dignidade, justiça e bem-estar. Mas se chegamos até aqui, com todos os problemas e medos deste ciclo que se encerra, o futuro será, seguramente, mais promissor.

Seguimos juntos de mãos dadas, com coração animado, a cabeça saudável e os pés firmes para um percurso mais feliz e sempre transformador em 2023.

Abraço de boas festividades de toda equipe do ISER.

Publicado em: 15/12/2022 - #ISER realiza