OPORTUNIDADE PARA EQUIPE DE DESENVOLVIMENTO DIGITAL PARA CRIAÇÃO DE SITE

O Instituto de Estudos da Religião – ISER – em parceria com a Subcomissão da Verdade na Democracia – Mães de Acari (Comissão de Direitos Humanos – ALERJ) seleciona 01 EMPRESA E/OU COLETIVO de comunicação e tecnologia para o desenvolvimento de plataforma digital, do projeto “Memórias da Violência”, com o objetivo de tornar público o trabalho desenvolvido por pesquisadores da Subcomissão. Interessados/as terão até 30 de abril de 2018 para enviar ao e-mail: selecao@www.iser.org.br, a descrição da equipe com portfólio, currículo de cada integrante que se envolverá no projeto e dois contatos para referências.

A Subcomissão, órgão integrante da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ), tem como objetivo institucional investigar as graves violações aos direitos humanos cometidas pelo Estado após 1988, contribuindo para a construção da memória coletiva sobre as diferentes formas de violência institucional do período democrático. Os principais eixos temáticos do trabalho da Subcomissão são: as execuções sumárias; a tortura e os espaços de privação de liberdade; e os desaparecimentos forçados. No escopo do presente projeto, serão desenvolvidas atividades e/ou produtos relacionados à construção e difusão da memória histórica dessas violações a partir do trabalho realizado pela Subcomissão e em articulação com seus pesquisadores.

Nos últimos anos, o ISER tem desenvolvido e apoiado iniciativas relacionadas à memória, verdade e justiça pelas graves violações de direitos humanos perpetradas na ditadura de 1964. Identificando as conexões diretas entre um processo transicional inacabado e a violência promovida de maneira sistemática pelo Estado no período democrático, foi consolidada a presente parceria com a Subcomissão da Verdade na Democracia – Mães de Acari.

  1. Objetivo da Contratação

Desenvolver a plataforma digital “Memórias da Violência”, dedicada ao conteúdo produzido durante as pesquisas realizadas pela Subcomissão, com o objetivo de contribuir para a construção de um legado coletivo de memória e tornar público os resultados de todo o processo de pesquisa.

Espera-se disponibilidade imediata para a contratação.

  1. Sobre o Processo Seletivo – A inscrição

II.1       Requisitos Obrigatórios de inscrição: podem se inscrever empresas e coletivos, formados por indivíduos com competência previamente comprovada em comunicação (conteúdo, redação, mídias sociais), tecnologia (linguagens de programação) e desenvolvimento digital, residentes no estado do Rio de Janeiro e/ou com disponibilidade para vir a reuniões presenciais sem custos adicionais ao projeto. Serão realizados, ao longo de todo o processo, encontros e reuniões, considerando as etapas do projeto propostas no cronograma enviado pelo coletivo e/ou a empresa no ato de inscrição, com assiduidade obrigatória, em dias e horários a serem definidos pela Subcomissão em conjunto com a equipe selecionada.

II.2       Requisitos Opcionais, mas desejáveis:

Experiência nos temas específicos de trabalho da Subcomissão da Verdade na Democracia – Mães de Acari, relacionados à defesa de direitos humanos e ao enfrentamento à violência institucional.

  1. 3. Diversidade nas equipes

 

O ISER está empenhado em alcançar a diversidade da força de trabalho em termos de gênero, raça e local de moradia.

  • Prazo para inscrição: 30 de abril de 2018. Não serão aceitas inscrições fora do período de inscrição.
  1. Forma de inscrição:

Para participar desta seleção, as/os interessadas/os devem enviar até 30 de abril de 2018, para o e-mail selecao@www.iser.org.br a descrição da equipe com portfólio, currículo de cada integrante que se envolverá no projeto e dois contatos para referências, tudo de acordo com os requisitos apresentados neste edital.

No campo assunto do e-mail deverá constar o título. “Memórias da Violência – Plataforma Virtual”

Os/as candidatos são responsáveis pela veracidade de qualquer dado fornecido bem como pelos problemas técnicos que venham a inviabilizar o envio de sua inscrição.

  1. Da Seleção

 

V.1 A seleção do coletivo e/ou a empresa será feita em duas etapas:

Primeira Etapa: análise de cumprimento dos requisitos para inscrição e do portfólio apresentado e seleção das melhores propostas.

Segunda etapa: os/as selecionados/as na primeira etapa serão convocados para uma conversa na qual lhes será apresentado o layout prévio já confeccionado e o wireframe desenvolvido.

A partir daí, será iniciado o prazo para que os selecionados elaborem e apresentem um projeto técnico que deverá conter uma proposta de como desenvolver a plataforma, considerando a necessidade de: i. linguagem interativa que instigue o usuário; ii. produção de vídeos e/ou designer de dados; iii. o trabalho de conteudista necessário para adaptar o material apresentado pela Subcomissão para a linguagem própria de sites; iv. a necessidade do site poder ser acessado tanto por computador quanto por celular.

Também deve ser apresentada proposta de orçamento.

O coletivo e/ou empresa escolhido será aquele que apresentar o melhor desempenho nas duas etapas, combinando técnica e preço.

Ambas as etapas são eliminatórias.

V.2 CALENDÁRIO DO PROCESSO SELETIVO

 

AtividadeData
Envio dos documentos exigidos para a primeira fase de seleçãoaté 30 de abril de 2018
Resultado da primeira fase 21 de maio
Entrevistas  23 e 24 de maio
Entrega do Projeto Técnicoaté 14 de junho
Resultado da Seleção18 de junho
Início do Projeto 22 de junho
  1. Sobre a Plataforma

A plataforma é composta por quatro páginas principais, Homepage, Biblioteca, Educativo, e Mapa, além de uma página descritiva de “Sobre” que aborda o trabalho da Subcomissão da Verdade na Democracia. Cada página possui necessidades específicas, como animações já pré-estabelecidas na home; conteúdo geo-referenciado no mapa; organização, busca e taggeamento de conteúdo na biblioteca; e exibição de material textual e multimídia no Educativo. O detalhamento da plataforma pode ser encontrado no wireframe e mapa do site que já foram realizados,  os quais setam a arquitetura da informação, sem de maneira alguma restringir soluções criativas de interface a serem sugeridas pela equipe executora do projeto, desde que respeitada a arquitetura já estabelecida.

A plataforma deve ser construída levando-se em consideração as boas práticas de design de interface, como hierarquia da informação, legibilidade, coerência visual, assim como também as boas práticas de desenvolvimento de software, bem como fornecer recursos de SEO otimizado e Google Analytics.

  1. Termo de compromisso

O coletivo e/ou a empresa aprovado nas duas etapas do processo seletivo assinará um termo de compromisso se comprometendo com as regras, valores e compromissos da instituição contratante que se referem à defesa dos direitos humanos e, quando necessário, ao tratamento de dados com confidencialidade.

 

VII. Disposições Gerais

 

O coletivo e/ou a empresa inscrito se compromete automaticamente, caso aprovado, a entregar os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos no presente edital e os demais documentos necessários para a contratação.

VIII. Informações

Outras informações disponíveis nos contatos abaixo:

Correio eletrônico: scvdemocracia@gmail.com

Rio de Janeiro, 02 de abril de 2018.

Publicado em: 02/04/2018 - #Destaques #Notas