Consciência lúdica – Biblioteca Wagner Vinício faz atividades voltadas ao mês da Consciência Negra

     No mês da Consciência Negra, a Biblioteca Comunitária Wagner Vinício, em Rio das Pedras, promoveu diversas atividades que trataram do tema de forma lúdica. Mediação de leituras, rodas de conversa e oficina de bonecas africanas Abayomis foram algumas das atividades que aconteceram na biblioteca durante o mês de novembro. IMG_3294

   O objetivo dos/as mediadores/as da Biblioteca foi valorizar a literatura afro-brasileira e proporcionar a reflexão ao público que frequenta a biblioteca, através de textos literários, filmes e debates sobre as questões raciais que atingem a população negra no país.

     Após a exibição do filme “Palmares, a luta pela liberdade”, os mediadores perguntaram às crianças se elas sabiam o motivo de 20 de novembro ser um feriado nacional. De acordo com o mediador Carlos Honorato, elas não sabiam responder, apenas uma falou que era dia dos negros. “Explicamos para o grupo sobre o significado e importância do dia 20/11 e sobre todas as questões que envolvem este dia, como luta, resistência contra todas as formas de preconceito e na busca de reconhecimento de direitos”.

IMG_4862

     A oficina de bonecas Abayomi também mostrou a importância de se falar de Consciência Negra para mudar estereótipos negativos sobre a cultura africana. “No início da oficina de bonecas, percebemos que ainda existe um forte estigma que relaciona bonecas africanas a ‘vodus’, ao ‘mal’. Mas fomos contando às crianças a história das bonecas, que eram feitas com retalhos das roupas das mulheres africanas que vinham nos navios negreiros, para distrair seus filhos. Aí elas entenderam o significado e a importância das bonecas e cada uma levou a sua para casa” – conta a mediadora Simone Araújo.

IMG_3311

     As ações da biblioteca continuam ao longo de todo o ano, com temáticas diferentes. A Biblioteca Comunitária Wagner Vinício é um projeto do ISER em parceria com o Instituto C&A.