Violência de Estado e o Centro de Estudos em Reparação Psíquica

Entre os anos de 2005 e 2014, o estado do Rio de Janeiro registrou 8.466 homicídios decorrentes de intervenção policial[1], classificados como “autos de resistência”.[2] A maior parte desses números