Serviço de educação e responsabilização dos homens autores de violência de gênero (SERH)

Projeto realizado através de convênio entre o Iser e a Secretaria Municipal de Assistência Social e Prevenção da Violência de Nova Iguaçu. Por meio de ações educativas com homens autores de violência de gênero, o projeto visou contribuir para a prevenção e redução da violência doméstica naquele município e em outros da Baixada Fluminense.

Prevista na lei Maria da Penha, a criação de centros de educação e reabilitação para os homens autores de violência contra a mulher ainda não se tornou uma realidade no Brasil. Nesse sentido, o projeto é uma experiência pioneira em políticas públicas de prevenção à violência de gênero.

Através da capacitação de profissionais em questões relacionadas a gênero e violência contra a mulher e na aplicação da metodologia de grupos reflexivos, a iniciativa já atendeu cerca de 800 homens autores deste tipo de violência nos municípios da Baixada Fluminense e vem servindo como parâmetro para uma série de outras iniciativas adotadas em todo o Brasil.

Responsáveis: Fernando Acosta e Roberto Marinho Amado
Apoiadores: Secretaria Nacional de Segurança Pública/Ministério da Justiça (SENASP), Secretaria Municipal de Assistência Social e Prevenção da Violência de Nova Iguaçu (SEMASPV), Departamento da Saúde do Homem/Ministério da Saúde (MS), Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ).

Fotos