Observatório internacional de violência e narcotráfico – OBIVAN

Consiste na construção de bases de dados quantitativos que tracem a evolução histórica dos conflitos armados, nos últimos 10 anos, no Rio de Janeiro, na Cidade do México, e em Bogotá. O objetivo é o de promover um amplo debate que aponte para políticas públicas relacionadas ao tema do conflito associado ao narcotráfico, nessas localidades. Para tanto, matérias jornalísticas referentes ao assunto serão organizadas em uma base de dados comum, que será posteriormente disponibilizada.

Responsáveis: Ben Lessing e André Rodrigues

Apoiadores: Open Society, Centro de Recursos para el Análisis de Conflictos (CERAC) e Centro de Investigación para el Desarollo (CIDAC)